fica da dúvida.
Mas ando de saco muito cheio com essas coisas. De repente tô trabalhando num lugar que me obriga a ir contra tudo que penso e sinto. Não sei como resolver tudo isso. Mas tudo bem, tô calma e ponderada, embora a vontade seja de agredir todo mundo, dizer meia dúzia de verdades e sair pisando duro. Não vou fazer nenhuma loucura.

Hoje sonhei com você

realismos:

Sonhei com o teu sorriso gostoso, sendo eu, o motivo dele. Sonhei com seus olhos irradiantes, lacrados de lágrimas, cristalizando o teu olhar. Sonhei com sua voz mansa, me aliviando, me cativando. Sonhei com seu inteiro. Esse seu inteiro que fez-me apaixonar, fez-me perder a razão do mundo. Fez-me ser dependente a você, fez-me ser tua.


(…) se bem que agora é possível que vocês fiquem tristes por algum tempo, por causa dos muitos tipos de provações que vocês estão sofrendo. Essas provações são para mostrar que a fé que vocês têm é verdadeira. Pois até o ouro, que pode ser destruído, é provado pelo fogo. Da mesma maneira, a fé que vocês têm, que vale muito mais do que o ouro, precisa ser provada para que continue firme.
1 Pedro 1:6-7  (via petal-a)

No momento, em conflito com meu eu. Não suporto a solidão mas dispenso a companhia de qualquer um.
Clara Brandão  (via fraquejou)

Ela é aquilo que ninguém vê. E tudo aquilo que ele gosta. No mesmo frasco, atrás do rótulo. E respondendo aos fulanizadores, é possível viver um longo período entusiasmado ao lado de alguém. Basta não relacionar-se com estereótipos, mas sim com aquele que sinta a mesma emoção em contemplar o mar ou olhar no fundo dos seus olhos. Com quem gosta de você como é vale a pena se amarrar. Por tempo indeterminado.
Gabito Nunes.   (via fraquejou)

- Como pode ser legal ficar o dia inteiro deitado numa cama?
- É que aí não preciso ver ninguém.
Bukowski.   (via fraquejou)

Ele desistiu de mim… e eu? Ah, eu to aqui mergulhada na saudade profunda que ele deixou.
O clamor de Alicia. (via fraquejou)

Sou mestre na arte de falar em silêncio.
Toda a minha vida falei calando-me
e vivi em mim mesmo tragédias inteiras
sem pronunciar uma palavra.
Fiodor Dostoievski      (via realismos)

E na orquestra
de um homem só
ele afina o instrumento
e tocando faz das notas
a sua vida
o seu pranto
sua existência.
Elisa Bartlett (via calcarie)

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:4-7. (via petal-a)

theme por: romanceais